quinta-feira, 13 de julho de 2017

Entranhou-se



Por Vitalina de Assis.





É incrível como a felicidade acomodou-se em meu ser como se dele tivesse sido parte a vida inteira e talvez tenha sido, e só agora compreendo sua verdadeira essência. Aquela máxima de que a felicidade não existe, existindo apenas momentos felizes ficou ancorada em uma imaturidade que cresceu e aprendeu a recusar inverdades.  Não é o que se passa na epiderme, que visualiza nosso olhar, que sente a fragrância nosso olfato e muito menos a sutileza do toque, os precursores da felicidade.  Ela é de uma delicadeza e robustez autônoma e está no mais profundo do ser, não precisa ser gerada, pois existe desde sempre.

Já fui mãe por duas vezes e é incomparável a sensação e a alegria de se carregar uma vida e ser consciente do seu crescimento, sentir-se cocriadora, consumar-se mãe, entretanto gerar um filho tem o seu tempo e sua hora e decorrido este período fértil, resta-nos apenas lembranças e a dor, agonias do parto, se esquece. Findo o tempo natural jamais outra vida iremos gerar. Com a felicidade é um estar grávida eternamente, é carregar no mais profundo do ser, independente de ser mulher ou homem, outra essência, outra vida, um ser que não precisa vir à luz. É assim que sinto a felicidade em minhas entranhas. Carrego uma vida que não se limita a crescer no meu ventre, está plasmada por todo o meu corpo como se fosse uma pele a vestir-me, mas também se encontra ao meu lado, caminha, dorme, acorda, se alimenta comigo. 

Aquela sensação de sentir-me só, ou a necessidade de estar em amor com o outro ou o que quer que seja, não determina minha felicidade, embora já tenha pensado e vivido com esta concepção por muito, muito tempo. Não me condeno por isto, não condenaria quem assim vive, pois todas as coisas e momentos que vivenciamos caminham para um amadurecimento, um refinamento de nossas ideias e conceitos.  Se restasse apenas eu neste planeta ou de uma ilha deserta fizesse o meu lar, não estaria o sentimento solidão a sufocar-me. A solidão perdeu sua grandiosidade, foi obrigada a ceder lugar e vez e só se apresenta quando solicito uma quietude para estar comigo e deixar que o pensamento feito nuvem passe tranquilamente. 

Aprendi a aplicar uma nova postura que muito se assemelha a girar em torno de meu próprio eixo, digamos umbigo e qual é o verdadeiro caos em si amar mais do que tudo e todos? Parece uma atitude egoísta conjugar-me “eu” em todas as situações, mas só quando nos reconhecemos ser único e especial é que somos capazes de inverter o amor que não pareia e devotá-lo à nossa pessoa e aí acontece algo mágico, nos tornamos  ponto convergente, acredite, de mais amor, boa vontade e uma felicidade a toda prova. O Universo inteiro se volta com o único intuito de suprir-nos e uso esta palavra com o devido respeito, pois na verdade deveria usar servir. É exatamente isto que o Universo faz - servir e servir e em dado momento percebemos que fazemos exatamente o mesmo: servimos. Você de repente se surpreende servo, compreende a extensão de sua vida e que estás aqui com um propósito definido e o maior deles é se comprometer com a felicidade que irradia boa vontade e serviço para com todos.  Seria o ato servir, a exata pessoa, da felicidade? 


Passei a servir-me com mais amor, carinho, dedicação, boa vontade e, sobretudo nutrindo uma amizade profunda por meu ser. Estar comigo mesma, propiciando-me cuidados e assistência faz com que eu me expanda em direção aos outros e este expandir e servir é a felicidade que não me cabe mais. 

18 comentários:

  1. O mais importante na vida é primeiramente nos amarmos ,depois com certeza é uma sucessão de bons e felizes momentos ,muitos beijinhos no coração felicidades

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Emanuel, tudo bem?

      Você tem razão, mas nem sempre é fácil nos amarmos em primeiro lugar. Há sempre aquela ideia de ser isto um ato de egoísmo e ainda tem o pequeno grande detalhe, se em nossa infância não ficou muito claro o amor dos pais e se estes criticavam muito, fica ainda mais complicado. Eu acredito que tudo na vida é um caminho a percorrer, e vamos ganhando força nesta caminhada e descobrindo nosso real valor.

      Muito obrigada por seu comentário. Sorria sempre.

      Excluir
  2. Suas sábias palavras nos trazem esperança, alegria, paz e nos ajuda de certa forma, superar dificuldades da vida e ter coragem de seguir em frente. Iluminada por Deus é a sua pessoa, e que ele continue te abençoando e te dando sabedoria, para que com suas maravilhosas palavras pessoas possam se libertar dos dogmas que causam medo e dor em suas vidas. e sejam abrangidas com a luz que vem da sua mente.
    Minha amiga Vitalina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rayane, muito obrigada pelo carinho e por tão gentis palavras. Eu tenho pedido a Deus muita luz e sabedoria, pois é um desejo e acredito, uma missão de vida poder ajudar as pessoas com o dom que Deus me deu. Fato é que muitas mudanças tem ocorrido na minha maneira de ver e compreender as coisas e isto tem sido uma benção muito grande na minha vida.

      Espero poder corresponder a este chamado e me encontro muito feliz por esta dádiva. Muito obrigada de coração, você é uma pessoa muito linda e especial, com dons e aptidões que ninguém mais neste Universo possui.

      Muito obrigada. Sorria sempre. Bjs.

      Excluir
  3. Minha amiga Vitalina
    Peço sempre por você, que Deus continue te iluminando sempre, para que com a luz e autoridade de suas sábias palavras, pessoas possam ser abrangidas e liberta dos dogmas que desmorecem a esperança. Abençoada seja sua mente brilhante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rayane.

      Mais uma vez muito obrigada. Bjs

      Excluir
  4. Minha querida Amiga Vitalina
    Com sua mente brilhante, sua luz e suas sábias palavras. pessoas podem ser libertas de dogmas negativos que desmorecem a esperança e vontade de pensar de forma positiva. Que Deus possa renovar à cada dia suas idéias, sempre com aptidão e sabedoria. Obrigada por tornar melhor a vasta e difícil experiência que é viver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayane.

      Viver é uma grande dádiva. Estar vivo, acordar todas as manhãs e esperar por coisas boas e experimentar a bondade de Deus sobre nossas vidas, não tem preço.

      Bjs e muito obrigada pelo tempo e palavras preciosas.

      Excluir
  5. Que Deus te abençoe sempre! Vc é uma guerreira. Expanda-se em luz e sabedoria divina. Bjos Maria Regina.

    ResponderExcluir
  6. Que Deus te abençoe sempre! Vc é uma guerreira. Expanda-se em luz e sabedoria divina. Bjos Maria Regina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Regina.

      Muito obrigada. Que assim seja. Que a luz e sabedoria Divina esteja sobre todos nós.

      Bjs.

      Excluir
  7. Mais um texto profundamente reflexivo! Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Oi Vitalina.

    Nossa! Que texto incrível! Gostei muito e concordo que a felicidade é muito mais que momentos felizes e está mais do que na hora de cada pessoa se tornar ciente de que a elaboramos dia a dia. Eu particularmente também faço parte deste grupo que promove a felicidade. Acredito piamente na sua pessoa e no nosso relacionamento de longa data.

    Parabéns!
    Bjs, Roberta do Vale.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta.

      Obrigada por seu comentário. Fico feliz em saber que você está comprometida com a sua felicidade.

      Bjs. Sorria sempre.

      Excluir
  9. Oi Vitalina.

    Nossa! Que texto incrível! Gostei muito e concordo que a felicidade é muito mais que momentos felizes e está mais do que na hora de cada pessoa se tornar ciente de que a elaboramos dia a dia. Eu particularmente também faço parte deste grupo que promove a felicidade. Acredito piamente na sua pessoa e no nosso relacionamento de longa data.

    Parabéns!
    Bjs, Roberta do Vale.

    ResponderExcluir
  10. Um texto maravilhoso, onde o que apreciei mais foi essa sua comunhão com a felicidade, o que é raro. Ser feliz é um estado de alma?
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou muito grata a Deus por toda esta transformação que aconteceu comigo. Outrora fazia parte desta maioria esmagadora que acredita em pequenas porções de felicidade aqui e ali, tipo: um acontecimento, um presente de aniversário, um alguém pra chamar de meu, conquistas das filhas e era só isto. Sentia-me insatisfeita, incompleta e na maior parte do tempo, decepcionada comigo mesma. Não foram poucas às vezes em que desejei morrer. Tinha motivos para isto? Decididamente não, era o que todos diziam e eu fingia acreditar, mas tudo na vida são fases e o desejo de me encontrar, de me sentir parte de alguma coisa, de ser feliz,( afinal tinha que haver algo mais) me fez ser um ponto convergente.

      O Universo se posicionou para conduzir-me por uma aprendizagem que culminaria em algo muito especial e duradouro. Comecei a meditar, praticar yôga e principalmente ler alguns autores. Perceber-me como um ser único, sem cópia por este planeta afora, me deu a real noção do meu valor e passei a me amar e me perdoar incondicionalmente. Passei a exercer a gratidão e de repente me vi extremamente feliz em um todo e não em fragmentos.

      Ser feliz não é apenas um estado de alma, é antes de tudo uma atitude, um reconhecimento de que se estou aqui, é para ser feliz. É apropriação de um princípio imutável: o princípio da alegria, felicidade, pois não há um princípio de tristeza, então não permito mais que se aloje em mim algo menor, do que uma felicidade absurda. Meu estado de alma é felicidade, gratidão, paz e harmonia. Não me critico por nada, pelo contrário, faço declarações de amor a minha pessoa o tempo todo. Me aceito e me amo incondicionalmente e sendo assim, abro espaço para que os princípios imutáveis residam em mim.

      Bjs. A resposta é um texto, não?

      Muito obrigada. Encontrar-te aqui, assim como tantos outros, é uma partícula desta felicidade generosa. Sorria sempre.

      Excluir


Queridos!

Seu comentário muito me honra!

Sinta-se à vontade para avessar comigo.

Beijos e até.